Um lugar lindo, com espaço suficiente para reunir a família inteira ou um grande grupo de amigos; Gastronomia de primeira desde o horário do almoço até a madrugada; Atrações musicais todas as noites, sendo que algumas viram festa; Vista para corridas de cavalo e área verde: tudo isso pode ser encontrado no o Prado.co, um dos restaurantes dentro do Jockey Club Brasileiro, na Gávea!

Cheguei ao Prado.co com o objetivo de conhecer o novo cardápio, criado pelo chef Eduardo Lyra, que assumiu o restaurante recentemente. Os pratos são deliciosos e para todos os gostos, além de terem preços abaixo do esperado. Mas o Prado.co ainda é muito mais do que isso! O ambiente está belíssimo e extremamente aconchegante. Um salão bem amplo comporta mesas em diversos formatos, tornando o local perfeito para comemorações, pois acomoda muito bem grandes grupos. No lounge, alguns sofás e poltronas estão à disposição dos clientes e na área externa é possível sentar com vista para o Jockey Club – dependendo do dia e horário, dá para ver os cavalos passando.

Também há uma área especial para os pequenos: o parquinho infantil pode ser aproveitado por crianças de várias idades. Para o nosso jantar no Prado.co, escolhemos uma mesa na rua, onde pudemos degustar algumas opções do novo menu. O start foi com o couvert da casa, simples e extremamente bem executado. Pão sourdough de fabricação própria, que chegou à mesa quentinho, macio por dentro e crocante por fora. Acompanhado de relish de tomates, pasta de berinjela defumada e manteiga. E então veio a seleção de entradas que o chef Eduardo Lyra escolheu: ceviche de banana com chips de batata doce, bolinho de bobó de camarão com geleia de pimenta, salada italiana e polvo à galega. Tudo era muito saboroso, mas os bolinhos de bobó… Ah, esses bolinhos são algo indescritível, de comer rezando!

Uma tradição do Prado.co é a pizza com massa de longa fermentação assada em forno à lenha. Poucos e assertivos sabores compõem o cardápio de pizzas, com valores entre R$ 43 e 62. Experimentei a “Campania”, com muçarela especial, linguiça artesanal e mix de cogumelos. Que pizza! Massa que não pesa com ingredientes de qualidade. Vale a pena ir ao restaurante especialmente para comer essa pizza.  Detalhe importante: ela é servida até a madrugada. Sim, existe pizza boa na madrugada do Rio de Janeiro! Legal citar que há opções vegetarianas e também veganas, o que se estende para todas as categorias do cardápio. Entre os principais, com descrições de dar água na boca e preços surpreendentes considerando a média da cidade (de R$ 32 a 63), fiquei com o nhoque de batata doce com filé mignon ao molho trufado de cogumelos.

Meu prato era bastante equilibrado. Massa leve, carne macia, pedaços tenros de cogumelos variados. Para completar, molho encorpado e lascas de grana padano. Amei esse nhoque, para o meu gosto estava simplesmente perfeito! E esse jantar se transformou numa orgia gastronômica, rs… Mas para cumprir nosso objetivo de conhecer bem o cardápio, ainda dividimos três sobremesas. O crumble Romeu e Julieta, com creme de goiabada cascão, crumble de amêndoas e sorvete de queijo grana padano fez sucesso na mesa. Eu preferi a cheesecake com calda de frutas vermelhas, que além de deliciosa, estava linda. E a mousse de chocolate belga com azeite de oliva extra virgem e flor de sal também vale muito.

Lembra que no início do post eu disse que o Prado.co recebe atrações musicais? Então, no dia desse jantar, uma quarta, tinha show de jazz. Com ninguém menos que Alma Thomas, nova iorquina radicada no Rio desde 2004. Nossa, que voz! É de arrepiar… Acompanhada de sua banda, Alma cantou logo em frente à mesa onde terminávamos de fazer nossa refeição. Na agenda do Prado.co, cada noite da semana é dedicada a um ritmo. Nas quintas-feiras acontece a Violada, festa sertaneja, sextas e sábados tem DJ e aos domingos, roda de samba. E já que eu sou muito fã de samba, voltei ao Prado.co alguns dias depois para conferir o Espelho Meu Samba!

Nos domingos, o clima é de festa! Às 20h30 começa a roda de samba, comandada pela maravilhosa Gabriela Pasche, artista carismática e talentosa que eu já admiro há algum tempo. A área externa do Prado.co fica lotada e vira o lugar perfeito para dançar muito, o show é super animado. Excelente pedida para quem gosta de samba e quer terminar a semana bem, especialmente os solteiros. A roda de samba Espelho Meu coloca todo mundo para cantar junto, com um repertório maravilhoso! Quando o show termina, em torno de meia-noite, o lounge se transforma em pista de dança com DJ. Assim é o Prado.co… Um lugar versátil, com programação para pessoas de todas as idades e estilos! Abre nos seguintes horários: terça e quarta – 18h à 1h / quinta e sexta – 18h às 4h / sábado – 12h às 4h / domingo – 12h à 1h. Mais informações no facebook do Prado.co. Obs: na próxima semana, o samba acontece no dia 25/12, segunda (Samba de Natal!).

*As experiências contadas nesse post foram cortesias do estabelecimento.

Escrever um comentário